quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Fim de um ciclo







Adeus ano velho
Por Julio Dorneles*

Calendário, Natal, fim de ano, ano velho, ano novo... Eu aprendi, não passam de convenções, de marcações arbitrárias em que tentamos, com todas as limitações, como que aprisionar o tempo, pelo menos alguns instantes, momentos, frações de algo muito superior a nós e que flui ininterruptamente. Em outra perspectiva, mais de nossa natureza humana, a passagem que ocorre nesse período de Natal e Ano Novo se torna uma ótima oportunidade para a reflexão e para a interação. As duas atitudes exigem, como o nome já diz, ações. Ainda que uma primeira diga mais respeito ao nosso mundo mais interno, emocional, psicológico, afetivo e espiritual, a reflexão vai conduzir tudo isso para as relações sociais, familiares, e, claramente, afetivas.
A qualidade com que iremos vivenciar esses dias poderá indicar uma tendência para o ano que está se alinhando ali à frente.

Feliz ano novo
Por tudo que foi para o bem e para o mal, espera-se que o próximo ano seja melhor na econômica, na política, nas relações interpessoais, no futebol, enfim, em tudo. Obviamente que se a mudança não começar por cada um de nós boa parte desse desejo legítimo pode naufragar. Mas, de minha parte, farei mais do que já tenho feito para que os melhores desejos se realizem.

Transição para governar
Quero também registrar aqui que estamos finalizando a transição da administração Nestor-Luia para a gestão 2017-2020, com Fedoca e Evandro sendo a Voz e a Vez dos Gramadenses. Quero agradecer a oportunidade de convivência e de interação nesse período, e dizer que, sem dúvida, que honrarei o convite que recebi do prefeito Fedoca Bertolucci para assumir em janeiro a Secretaria Municipal de Administração de Gramado.

Para refletir
“A melhor habilidade de um militar é conquistar as tropas inimigas sem lutar”. Sun Tzu, A arte da guerra (2.500 A.P.)
 
 
*Julio Dorneles é professor especialista em administração pública e consultor.

Nenhum comentário: