terça-feira, 29 de março de 2011

José Alencar do Brasil

José Alencar do Brasil, 17 de outubro de 1931 - 29 de março de 2011 - São Paulo. "Caro José Alencar, vendo tua vida e tua luta, vejo que a morte é apenas um sonho, uma ilusão, pois a vida é muito superior à morte." Julio Dorneles, 29/03/2011.




(foto:Ricardo Stuckert/PR/Divulgação).

sábado, 26 de março de 2011

ALERTA PARA TODA A REGIÃO DO VALE DO SINOS: TEMPO SEVERO!!

ALERTA: A TODAS ÀS EQUIPES DE DEFESA CIVIL, CORPO DE BOMBEIROS E DEMAIS RESPONSÁVEIS EM CASO DE TEMPO SEVERO NO VALE DO RIO DOS SINOS!!


A Metsul e o Pró-Sinos alertam para o perigo de enxurradas em grandes volumes e localizadas na região do Vale do Sinos. Chuva intensa pode durar horas, com trombas d'água localizadas em maior intensidade, risco de alagamentos!!

http://www.portalprosinos.com.br/servidor

segunda-feira, 21 de março de 2011

Sobre o Dia do Rio e o Dia Mundial da Água

Sobre o dia do Rio dos Sinos - 17 de março
Lei estadual nº 12.171/2004 - A data foi escolhida em função de ter sido consagrada pela lei estadual 12.171/2004 como o Dia Estadual de Preservação e Conscientização da Importância da Bacia Hidrográfica do Rio do Sinos. A data é popularmente conhecida e comemorada como "Dia do Rio dos Sinos". Pela proximidade com o Dia Mundial da Água, o Consórcio Pró-Sinos realiza evento único alusivo às duas datas comemorativas, sendo que os municípios integrantes do Consórcio, por sua vez, realizam inúmeras atividades em diferentes datas nas semanas correspondentes ao dia do Rio e ao dia da Água.

Sobre o Dia Mundial da Água - 22 de março
Neste ano, o Dia Mundial da Água 2011 tem como tema "Água para Cidades: Respondendo ao Desafio Urbano". A data será celebrada, como de costume, em 22 de março. A temática deste ano é especialmente pertinente às ações do Consórcio Pró-Sinos. O evento promovido pelo Consórcio Pró-Sinos neste ano atende a Agenda 21 e ao Programa Permanente de Educação Ambiental do Pró-Sinos, que conta com o apoio financeiro e institucional do FNMA (Fundo Nacional do Meio Ambiente, Ministério do Meio Ambiente - Governo Federal).

O Dia Mundial da Água foi criado pela Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas através da resolução A/RES/47/193 de 22 de Fevereiro de 1993, declarando todo o dia 22 de Março de cada ano como sendo o Dia Mundial das Águas (DMA), para ser observado a partir de 1993, de acordo com as recomendações da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento contidas no capítulo 18 (Recursos hídricos) da Agenda 21. Nesse período vários Estados foram convidados, como fosse mais apropriado no contexto nacional, a realizar no Dia, atividades concretas que promovam a conscientização pública através de publicações e difusão de documentários e a organização de conferências, mesas redondas, seminários e exposições relacionadas à conservação e desenvolvimento dos recursos hídricos e/ou a implementação das recomendações proposta pela Agenda 21. A cada ano, uma agência diferente das Nações Unidas produz um kit para imprensa sobre o DMA que é distribuído nas redes de agências contatadas. Este kit tem como objetivos, além de focar a atenção nas necessidades, entre outras, de:

• Tocar assuntos relacionados a problemas de abastecimento de água potável;
• Aumentar a consciência pública sobre a importância de conservação, preservação e proteção da água, fontes e suprimentos de água potável;
• Aumentar a consciência dos governos, de agências internacionais, organizações não-governamentais e setor privado;
• Participação e cooperação na organização nas celebrações do DMA.

Os temas dos DMA anteriores foram:
• 2010: Água limpa para um mundo saudável.
• 2009: Águas Transfronteiriças: a água da partilha, partilha de oportunidades.
• 2008: Saneamento.
• 2007: Lidando com a escassez de água.
• 2006: Água e cultura.
• 2005: Água para a vida.
• 2004: Água e desastres.
• 2003: Água para o futuro.
• 2002: Água para o desenvolvimento.
• 2001: Água e saúde.
• 2000: Água para o século XXI.
• 1999: Todos vivem rio abaixo.
• 1998: Água subterrânea: o recurso invisível.
• 1997: Águas do Mundo: há suficiente?
• 1996: Água para cidades sedentas.
• 1995: Mulheres e Água.
• 1994: Cuidar de nossos recursos hídricos é função de cada um.

domingo, 20 de março de 2011

Mais municípios da Bacia devem aderir em breve

O Pró-Sinos deve receber mais duas novas adesões em breve: Canela e Capela de Santana.
Os prefeitos de Canela, importante município da Serra Gaúcha, e Capela de Santana (antiga "Santana do Rio dos Sinos", município originalmente vinculado à São Leopoldo, depois à São Sebastião do Caí até sua emancipação) iniciaram movimentos concretos para consorciarem-se ao Pró-Sinos.

O Pró-Sinos é o consórcio público de saneamento básico que integra os municípios da bacia do Rio dos Sinos. Sob a liderança do Prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, foi criado em agosto de 2007, com o apoio de 12 prefeituras da região. Com a adesão de Cachoeirinha e as prováveis adesões de Canela e Capela de Santana, o Consórcio deve chegar a 25 municípios associados ainda em princípios de abril do corrente ano.

A meta do Protocolo de Intenções do Consórcio Pró-Sinos é integrar os 32 municípios que compõem a Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos.

Cachoeirinha assina termo de adesão ao Pró-Sinos

Cachoeirinha é o 23º município a compor o Consórcio Público de Saneamento Básico da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos (Pró-Sinos). O ato de assinatura do termo de adesão aconteceu durante a assembleia do consórcio, realizada hoje pela manhã (16), na sede da Acis, em São Leopoldo.

O presidente do Pró-Sinos, prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, destacou a importância do novo integrante. "A maior parte da população de Cachoeirinha está concentrada na Bacia do Gravataí e agora está aderindo ao Pró-Sinos. Seu ingresso é estratégico para o consórcio", afirmou. Vanazzi enfatizou que a idéia dos municípios de agir de forma conjunta, com ações integradas na bacia, fez com que o governo federal olhasse os municípios da região de uma outra forma. "Somos o primeiro consórcio reconhecido em Brasília, que foi construído pelas prefeituras em 2007, a partir da mortandade de peixes. Hoje temos mais de R$ 700 milhões do PAC 2 para municípios consorciados", frisou. O prefeito ressaltou ainda que o Pró-Sinos é o único consórcio com três planos em andamento e com R$ 4,7 milhões disponibilizados pelo governo federal para a elaboração dos planos municipais de saneamento.

O vice-prefeito de Cachoeirinha, Gilso Nunes, salientou que o consórcio é um empreendimento inovador, que reúne forças para conseguir recursos no âmbito estadual e federal. "Ficamos orgulhosos de ingressar no consórcio e esperamos dar nossa contribuição", disse. A procuradora-geral do município Loreny Bitencourt mencionou a importância de se integrar no Pró-Sinos, pois entende que a região metropolintana é uma só e os problemas se transferem de um município para outro e se refletem em toda a região. "Buscamos nos integrar como cidade e força política para encaminharmos todas as questões em conjunto para buscarmos recursos suficientes para resolver os problemas de saneamento", falou. A adesão deverá ser aprovada pela Câmara de Vereadores de Cachoeirinha.

Além dos prefeitos que integram o Consórcio, estiveram presentes representantes dos municípios Canela e Capela de Santana, que também devem integrar o grupo, secretários municipais e técnicos de diversas prefeituras, entre outras autoridades.

Dia do Rio dos Sinos e Dia Mundial da Água

As autoridades também convidaram para o evento em comemoração ao Dia do Rio e Dia da Água "Abrace o Rio, Abrace a Vida", organizado pelo Pró-Sinos, que acontecerá dia 22 de março, em frente à Câmara de Vereadores de São Leopoldo, na rua Independência, 66.

quinta-feira, 17 de março de 2011

Cidade homenageia Dia do Rio dos Sinos com atividades

Sapucaia | quinta-feira, 17 de março de 2011 - 17h49


Iniciativa se repetirá nos dias 21 e 22 de março, em homenagem ao Dia Mundial da Água.

Da Redação do GES (NH,VS,DC,ABC, Jornal de Gramado)



Sapucaia do Sul - O Dia do Rio dos Sinos, comemorado hoje, 17 de março, contou com atividades de conscientização ambiental na Praça General Freitas, Centro de Sapucaia do Sul. A Escola de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Sapucaia do Sul, juntamente com o Consórcio Pró-Sinos realizou durante todo dia uma ação que contou com a participação dos estudantes da Escola Estadual Sapucaia e comunidade em geral.

Alertando sobre o Dia Estadual de Preservação e Conscientização da Importância da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos, os alunos convidavam as pessoas que passavam pela Praça para realizarem uma homenagem ao Rio. Com frases de sensibilização em relação ao Rio dos Sinos, um grande cartaz foi confeccionado com a contribuição da comunidade sapucaiense.

Segundo a bióloga e educadora ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Rita Gabriele Gregory, as próximas atividades ocorreram nos dias 21 e 22 de março. "No dia 22 de março, Dia Mundial da Água, faremos palestras e distribuição de informativos sobre as questões que envolvem a água nas escolas municipais do Bairro Fortuna. No dia 21, os pequenos da Escola de Educação Infantil Hugo Gerdau receberão uma peça de teatro, que aborda o tema", comentou.

O Dia Estadual de Preservação e Conscientização da Importância da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos, estabelecido pela Lei estadual nº 12.171/2004, é popularmente conhecido e comemorado como "Dia do Rio dos Sinos". Pela proximidade com o Dia Mundial da Água, o Consórcio Pró-Sinos realiza evento único alusivo as duas datas comemorativas. Sapucaia do Sul, que é um dos municípios integrantes do Consórcio, por sua vez, realiza inúmeras atividades em diferentes datas nas semanas correspondentes ao dia do Rio e ao dia da Água.

Fonte:www.gruposinos.com.br

segunda-feira, 14 de março de 2011

Matéria do Grupo Editorial Sinos

sábado, 12 de março de 2011 - 10h27


Trecho mais crítico do Rio dos Sinos está entre Sapucaia e Esteio

Situação é de baixa oxigenação, presença de metais pesados, produtos químicos e esgoto.

Da Redação


Esteio - O trecho mais crítico do Rio dos Sinos é o que banha as cidades de Sapucaia do Sul e Esteio. A contaminação de nível 4, segundo especificações da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), dá ao trecho o pior cenário de poluição – baixa oxigenação, presença de metais pesados, produtos químicos e esgoto. As condições da água são impróprias para banho e pesca.

O quadro poderia ser pior ainda, se não fosse o remanso do Rio Jacuí, que deságua no limite entre os dois municípios, o que ajuda a manter o nível da água. As ações de recuperação, segundo o diretor executivo do Consórcio Pró-Sinos, Julio Dorneles, compreendem todos os municípios que formam o consórcio.

Saneamento em 2012

Em Sapucaia e Esteio, a água e o esgoto são tratados pela Corsan e há cerca de 3% e 4,5% dos domicílios com saneamento básico. Com o novo sistema de redes coletoras e estações de tratamento de esgoto, cujas obras foram iniciadas em 2010 com investimentos do PAC e governo estadual, as cidades terão, até dezembro de 2012, 45% e 95% de esgoto tratado.

Consumo de peixes

Os pescadores garantem que os peixes podem ser consumidos. "De vez em quando aparece peixe morto, mas é quando lá para cima (Novo Hamburgo) alguma empresa joga veneno no rio e ele desce. Nunca tive problema em comer os peixes daqui’’, conta Euclides da Silva, 61 anos, morador do limite entre Sapucaia e Esteio.

Cidades se mobilizam

Para o secretário municipal do Meio Ambiente de Sapucaia do Sul, Manoel Ordeni de Araújo, a população também deve se conscientizar. "Todos temos reponsabilidade. Não depende só do governo revitalizar o Rio dos Sinos, depende da comunidade também’’, disse. Segundo o secretário, vários projetos são organizados para mobilizar a comunidade. "Vamos iniciar em breve a coleta seletiva do lixo e a escola ambiental vai conscientizar as crianças sobre a importância do rio’’, ressaltou.

Em Esteio, diversas atividades são desenvolvidas com escolas, organizações não governamentais e grupos de escoteiros. Entre as ações, a assessora de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Iara Pacheco, lembra do diagnóstico de impacto da qualidade da água do rio. "São atividades que promovemos durante todo o ano para conscientizar alunos e comunidade sobre os pontos de impacto e conservação do meio ambiente’’, conta.

sexta-feira, 11 de março de 2011

terça-feira, 8 de março de 2011

Dia Internacional das Mulheres


Esse dia, marcado internacionalmente como um momento de luta e reflexão pelos direitos humanos das mulheres, ficou em nosso Brasil meio encoberto pelo Carnaval. Já na imprensa internacional, o Dia das Mulheres esteve relacionado à posição das mulheres nas sociedades de culturas árabe e islâmica. O 8 de março nos lembra das mulheres submetidas a condições sociais, econômicas e culturais muitas vezes inferiores às concedidas a animais domésticos. Nesse mundo e em todos os mundos (oriental, ocidental, islâmico, cristão...), as mulheres estão e sempre estiveram na linha de frente das lutas por direitos humanos e, permanentemente, na luta pelos direitos humanos das mulheres. Pode-se até desviar-se o foco para as condições gritantemente estranhas “aos ocidentais” das mulheres nas sociedades árabes, islâmicas e orientais, mas basta olhar para os lados e veremos mulheres de todas as classes sociais e segmentos em condições absolutamente humilhantes e degradantes da condição humana. Dilma presidenta é um alento, uma inspiração e um horizonte quase utópicos de mudanças para as mulheres no Brasil. Mas, sem dúvidas, a luta é árdua e contínua.

Cristãos ou muçulmanos fundamentalistas (contrariando "fundamentos" de sua própria fé e religião) em todas as culturas, em todos os povos, têm um sádico gosto por oprimir mulheres e tratá-las como se humanas não fossem!

Viva o dia das mulheres! Viva a luta das mulheres em todas as sociedades!

domingo, 6 de março de 2011

Música latino-americana: preciosidades: Silva Y Villalba

Um dueto clássico e magnífico da música colombiana e latino-americana - SILVA Y VILLALBA - foi recentemente recuperado pelo grande Jorge Villamizar (ex Bacillos). Pura poesia, as canções de Silva y Villalba expressam todo o amor pela terra colombiana, suas tradições, suas cores, seus aromas. Imperdível. Hoje com o YouTube e tudo mais na internet não há porque não realizarmos uma "arqueologia" das pérolas que as melhores tradições geradas em nossa Latinoamérica.



Fonte/fotografia/letra: www.lastfm.com.br


Silva y Villalba - Al sur


Azules se miran los cerros
En la lejanía
Paisaje de ardientes llanuras
Con sus arrozales de verde color


En noches, noches de verano
Brillan los luceros con más esplendor
La brisa que viene del río
Me dice hasta luego, yo le digo adiós


Al sur, Al sur, Al sur
Del cerro del Pacandé
Que entre chaparrales
Y alegres andares

Reina la alegría
Que adorna el paisaje

Al sur, Al sur, Al sur
Del cerro del Pacandé
Esta la tierra bonita
La tierra del Huila
Que me vio nacer

A mi me arrullaron soles de tambores
Y aspiré en el aire aromas del mayo
Junto con el grito de los Sanjuaneros
Toda la alegría del pueblo que quiero

Al sur, Al sur, Al sur
Del cerro del Pacandé
Esta la tierra bonita
Es la tierra opita

Que me vio nacer
Foto de Cerro del Pacandé - www.wordatlaspedia.com