terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Rio dos Sinos segue baixando

O nível do Rio dos Sinos estava em 1,5m hoje, no início da manhã, e, provavelmente, deve cair abaixo de 1,40m ainda à tarde, descendo para algo entre 1,20m e 1,30m amanhã (quarta-feira).

Entrará em vigor o rodízio no racionamento de abastecimento de água em São Leopoldo, das 9h às 14h, inevitavelmente. Essa medida expressa cautela e a responsabilidade dos dirigentes do Semae e da Prefeitura Municipal de São Leopoldo.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

SINOS SEGUE DESCENDO PARA NÍVEIS CRÍTICOS

Como havia alertado, o Sinos segue descendo para níveis críticos. Últimas chuvas só retardaram em dois dias a queda brusca, que haviamos previsto (www.juliodorneles.blogspot.com ). A queda seria entre 24 e 27 de janeiro, mas como choveu nas nascentes (volumes médios), a queda foi "retardada" para esse período de 29/jan a 04 de fevereiro. Aqui em Pinheira (SC), eu, em férias, acompanho as notícias da terrinha e do Vale do Sinos pelos jornais VS e NH digitais. Desejo, ainda que com possível retomada do racionamento, uma boa semana a todos os amigos no FB e seguidores no twitter @juliodorneles !
www.juliodorneles.blogspot.com

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Tribunal Pleno do TCE RS aprova contas do Pró-Sinos

Nada como receber ofício que comunica decisão Tribunal Pleno TCE RS acerca da Tomada de Contas do Consorcio Pro-Sinos aprovando as contas de nossa gestão no exercício 2010 (como aliás em 2009 e como sempre será), tudo aprovado, baixa de responsabilidade do presidente! Seguimos trabalhando!
www.consorcioprosinos.com.br

Monitoramento da estiagem e alertas

A MetSul alerta que é alto o risco hoje, amanhã e quarta de pancadas de chuva forte a torrencial localizadas que podem trazer alagamentos em áreas urbanas. Não se afasta ainda a ocorrência na região de temporais de vento forte e granizo em setores isolados. A região segue sob influência de uma massa de ar quente e úmido de origem tropical, o que traz abafamento e favorece condições para pancadas de chuva da tarde para a noite após manhã e começo de tarde com muito sol e calor. Esta é a condição predominante nesta segunda-feira e ainda na terça. Na quarta-feira, a chegada de uma frente fria muda o tempo. Ar mais seco e frio ingressa na quinta-feira.
www.juliodorneles.blogpost.com
www.consorcioprosinos.com.br

Nível do Rio dos Sinos começa a baixar

Desde ontem (domingo, dia 22 de janeiro) o Rio dos Sinos iniciou seu processo de baixa no nível em virtude de não ter ocorrido chuvas em volumes significativos na semana passada. O Sinos chegou a superar os 4 m ao longo da semana em virtude das chuvas ocorridas nos dias 12 a 15 de janeiro. O rio havia estabilizado em aproximadamente 4,20m com vento sul represando suas águas na altura de São Leopoldo, contudo, passou a baixar, primeiro para 3,90m (início de domingo) e agora encontra-se com 3,60m (sempre com a referência da régua da EAB/SEMAE/São Leopoldo, onde ocorre a captação de água bruta para tratamento e abastecimento da cidade).

Não ocorrendo chuvas significativas (acima de 50mm em toda a extensão da Bacia Hidrográfica, e principalmente nas terras altas, as nascentes), o nível do Rio dos Sinos deve descer para parâmetros críticos como ocorreu em todo o mês de dezembro (exceto 31/12), oscilando entre 0,90m e 1,30m.

Além da preocupação com as dificuldades geradas para a captação, tratamento e abastecimento, a baixa do nível do Rio dos Sinos traz a elevação da condutividade (presença de contaminantes químicos de origem industrial) e a baixa da oxigenação da água (diminuição do oxigênio dissolvido na água/O2), o que compromete as condições da vida aquática e pode provocar a morte de peixes.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

BOLETIM METSUL METEOROLOGIA

Metsul estima novas chuvas para os próximos 10 dias com volumes entre 50 e 100mm em nossa região. Contudo a Metsul recomenda cautela em relação a cenários que projetam mais chuvas para o próximo período, lembrando que tivemos anos com estiagens em fevereiro e, eventualmente, prolongadas até maio.
Veja um trecho importante do Boletim Meteorológico da Metsul:

"Altos volumes de chuva do Centro para o Norte do Rio Grande do Sul trouxeram alívio, como era antecipado pela MetSul Meteorologia, para as principais áreas produtoras de grãos do Estado. A chuva foi mais volumosa em pontos da Região Central, Planalto Médio, Alto Uruguai, Serra, Grande Porto Alegre e no Litoral Norte, além de partes do Noroeste gaúcho. Apesar da enorme variabilidade de volume dentro de uma mesma região, vários municípios acumularam mais de 100 milímetros. Houve casos em que o acumulado variou de extremos 200 a 300 milímetros, casos da região de Santo Antônio da Patrulha e Osório, no Litoral Norte. Caxias do Sul teve o maior volume em 24 horas desde agosto de 2011 e em Torres há mais de um ano não chovia tanto apenas em um dia, quanto aos acumulados da última sexta-feira. A precipitação torrencial no balneário do Litoral Norte superou a média do mês em apenas oito horas."

Ainda que cenários apontem chuvas para a segunda quinzena de janeiro e início de fevereiro, ainda não podemos descartar a incidência de estiagem em fevereiro ou períodos de estiagem com intervalos de chuvas até maio. Portanto, cautela e uso racional da água devem permanecer como hábitos. www.juliodorneles.blogspot.com

São Leopoldo: água nas torneiras, mas segue a política de racionamento

São Leopoldo decidiu (Prefeito Ary Vanazzi e Luiz Antonio Castro) manter seu Programa de Racionamento (campanha pelo uso racional, fiscalização, restrição às lavagens etc.) até que se encerre definitivamente a estiagem. Contudo, o rodízio do racionamento por regiões da cidade está suspenso até que nova avaliação consumo/reserva de água e nível do Rio dos Sinos indique a necessidade de retomar o corte de água nas residências, retonmando o sistema de rodízio. O Consorcio Pro-Sinos estima que, em não ocorrendo novas chuvas, o nível do Rio dos Sinos em São Leopoldo deverá voltar à situação crítica para a captação de água e abastecimento de água entre 24 e 27 de janeiro. www.juliodorneles.blogspot.com

Chuva supera 200mm e melhora nível e parâmetros significativamente

 As chuvas presentes com maior força desde sexta passada, dia 13 de janeiro, trouxeram volumes de chuvas que superaram 200 mm em municípios com importantes nascentes do Rio dos Sinos como a principal em Caraá e em São Francisco de Paula (na Serra Gaúcha). Neste momento, o Rio dos Sinos encontra-se com seu nível em 3,50m com uma tendência à pequena aumento ao longo do dia e possível estabilização nas próximas 12h. Todos os demais parâmetros da água relevantes para a vida aquática melhoraram, apresentando-se em padrões de bom à ótimo (como a presença de O2 na água).

Nível do Rio dos Sinos: 3,50m (estável). OD: 6,20 mg/l; Cond.: 89,82 µS/cm; Temp.: 23 °C. (dados Semae SL). www.juliodorneles.blogspot.com
Mais detalhes na Central de Monitoramento do Pró-Sinos
www.consorcioprosinos.com.br

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Indicadores não melhoram significativamente, mas nível do rio dos Sinos chega a 1,70m

Rio dos Sinos com nível estável em 1,70m (14h, SL Semae, Captação). Água: OD 1,60 mg/l O2; 6,80 pH; Temp.: 26,90 °C; Condut.: 165,96 µS/cm. Como pode ser observado, a chuva de ontem à tarde e noite de hoje ainda não foi suficiente para melhorar significativamente a qualidade da água, contudo, baixou um pouco a temperatura e melhorou (levemente) a condição de oxigenação. Precisamos muito mais chuva e que os arrozeiros diminuam a captação.

www.juliodorneles.blogspot.com

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

A festa na lavoura de arroz na Bacia do Rio dos Sinos

Nível do Rio dos Sinos em Novo Hamburgo (crivo da bomba de captação da Comusa) em 0,79cm: RESULTADO: liberada a absurda captação de água para as lavouras de arroz em toda a Bacia do Rio dos Sinos pelo Comitesinos. Lembrando que o oxigênio na água entre NH e São Leopoldo está entre ZERO e 1 mg/l. Quanta consideração pela vida dos peixes e pelas populações de São Leopoldo e NH!!!!

Pois bem, enquanto agricultores de milho, soja e arroz em todo o Estado do Rio Grande do Sul estão tendo perdas entre 80 e 90% da safra, aqui na Bacia do Rio dos Sinos somos reféns de um "acordo" firmado no Comitesinos que faz da lavoura de arroz na Bacia do Rio dos Sinos uma espécie de atividade acima das necessidades básicas das populações de São Leopoldo e Novo Hamburgo e acima da sustentabilidade da vida aquática no Rio dos Sinos.

www.juliodorneles.blogspot.com

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Nível do Rio dos Sinos "despenca" em São Leopoldo (RS)

ATENÇÃO: NÍVEL DO RIO DOS SINOS BAIXANDO NA CAPTAÇÃO DO SEMAE (SÃO LEOPOLDO):
Rio dos Sinos: Nível em 0,80 cm às12h. Dados água (início da manhã): OD 2,00 mg/l; Condutiv: 177,6; pH: 6,80; Temp.: 27,10 ºC

 www.juliodorneles.blogspot.com

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Situação dramática

A situação do Rio dos Sinos nesse momento é novamente dramática, em especial para as cidades de São Leopoldo e Novo Hamburgo (RS/Brasil).

Nível do Rio dos Sinos no ponto de captação de água pelo SEMAE (Serviço Municipal de Água e Esgoto de São Leopoldo): 0,90cm (18h do dia 09 de janeiro de 2012).

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Nível do Sinos às 15h45min desta sexta-feira - 06 jan 2012

Nível do Rio dos Sinos (as 15h45min, captação Semae SL): 1,10m (!!!). Demais parâmetros (8h): O2 Dissolvido 2,40 mg/l O2;  Condut: 162,59 µS/cm;  Temp: 25,50 °C; pH 6,80

Nível do Rio dos Sinos novamente crítico

foto: arquivo pessoal
Em razão de o nível do Rio dos Sinos encontrar-se novamente crítico (neste momento em 1,20m na captação de água do Semae, São Leopoldo), nos reunimos agora mesmo com o Semae e a PGM de São Leopoldo. O Município de São Leopoldo deverá entrar num primeiro momento com ações administrativas junto ao Comitesinos, ao Conselho Estadual de Recursos Hídricos e ao Departamento de Recursos Hídricos do Estado, solicitando a imediata suspensão das outorgas para captação de água para as lavouras de arroz na Bacia do Rio dos Sinos, bem como a suspensão de toda captação irregular (sem outorga). Caso o Município não obtenha êxito nas ações administrativas, ingressará com Ação Civil Pública. www.juliodorneles.blogspot.com

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Boletim Metsul para os próximos dias

Veja os principais trechos do Boletim Meteorológico da Metsul
                                              
"A tendência até o começo da próxima semana no Rio Grande do Sul é de predomínio do tempo seco. A MetSul Meteorologia chama atenção, contudo, que vão ocorrer pancadas de chuva típicas de verão no Estado, localizadas e, em regra, da tarde para a noite. Estas pancadas deverão atingir um maior número de localidades principalmente a partir da sexta-feira e tenderão a se concentrar mais na Metade Norte. Com o calor e os índices de instabilidade elevados, a chuva poderá vir acompanhada de temporais de vento forte e de granizo em pontos muito localizados. Espera-se, assim, uma distribuição da chuva muito irregular nos próximos dias com pancadas apenas localizadas. Como é notório, estas pancadas podem trazer elevados volumes de chuva em curto período, mas sempre em pontos isolados."

"A MetSul Meteorologia alerta que uma massa de ar muito quente vai avançar do Norte da Argentina para o Rio Grande do Sul, trazendo uma sequência de dias de calor intenso na maioria das regiões do Estado entre sexta-feira e a primeira metade da semana que vem. O forte calor contribuirá para uma perda ainda maior da umidade do solo, o que vai agravar as conseqüências da estiagem."

Nível e qualidade da água do Sinos em queda

ATENÇÃO: Rio dos Sinos com nível em queda e parâmetros de qualidade da água se aproximando de níveis críticos novamente:


Rio dos Sinos (parâmetros Semae SL): Nível:1,50m; OD: 2,8 mg/l; Condut: 134,48; pH: 6,6


Dados completos em www.consorcioprosinos.com.br

Consórcio Pró-Sinos e Itaipu Binacional (Brasil-Paraguai) promovem Mesa Redonda conjunta de Educação Ambiental durante o Fórum Social Mundial 2012

Fórum Social Mundial – 2012



Atividade Autogestionária – Mesa Redonda: EA como estratégia de mobilização socioambiental – Experiências da Bacia do Paraná 3 e Consórcio Pró-Sinos.



Organização: Conselho dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu e Consórcio Pró-Sinos



Expectativa de Participantes: 120 a 150 pessoas



Eixo Temático: Sujeitos políticos, arquitetura de poder e democracia



Cidade Preferencial: São Leopoldo - RS



Local: Faculdades EST – Escola Superior de Teologia



Data: 26/01/2012 (quinta feira)



Horário: 14h00 – 17h00



Resumo: A proposta visa discutir a importância da E.A. nos processos de mobilização, sensibilização e atuação em questões socioambientais locais e globais. Esta atividade autogestionária será um momento singular de socialização das iniciativas realizadas na Bacia do Paraná 3 – região Oeste do Paraná- além de outras experiências nacionais e que são resultados de uma construção coletiva exemplificando o exercício da cidadania. Trata-se de um programa que considera o processo de formação de Educadores ambientais a base para o trabalho nas comunidades promovendo a Democracia, a participação e a solidariedade, princípios fundamentais para sociedades sustentáveis. São parceiros deste processo Prefeituras Municipais, Universidades, Associação de Moradores, Grupos de Teceira Idade, Escolas Estaduais, Ongs locais.





Composição da Mesa:



Consultora Socioambiental: Moema Viezzer (30 minutos – Contribuição da EA para a mobilização social)

Professora da UFRGS: Aline Lemos da Cunha (30 minutos – Resgate das ações realizadas na BP3 e a contribuição da Pedagogia de Paulo Freire para a EA)

Representante do Consórcio Pró-Sinos: Júlio Dorneles (30 minutos )

Diretor de Coordenação de MA da Itaipu Binacional: Nelton Friedrich (30 minutos)

Educadoras Ambientais da BP3: Angela Meira/ Iracema Cerutti (20 minutos – Caminhada da Política Pública de EA de Foz do Iguaçu)

Elizandra Andrade (20 minutos – Caminhada do município de Diamante do Oeste no projeto Brilha Diamante - juventude)

*Mediadora da mesa: Leila Alberton – Itaipu Binacional


Inscrições prévias pelo e-mail: consorcioprosinos.com.br ou pelo site: www.consorcioprosinos.com.br

Nível Rio dos Sinos baixou rapidamente

A chuva intensa que caiu sobre a região do Vale do Rio dos Sinos nesta passagem de ano contribuiu para a melhoria da qualidade da água e para afastar o risco de mortandade de peixes, contudo, passados dois dias o nível do rio baixou rapidamente, caindo de 2,42m (nível máximo pós chuvas) para 1,50m na manhã desta quarta-feira. Sendo assim, o Semae (São Leopoldo) manteve o racionamento, embora tenha reduzido o mesmo de 8h diárias para 5h (das 9h às 14h), em razão da melhoria nos níveis dos reservatórios. Contudo, a população deve seguir economizando água, pois, caso não ocorram novos eventos de chuvas em volumes significativos nos próximos 10 dias, as condições para captação de água deverão voltar aos níveis críticos verificados ao longo de dezembro de 2011.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Qualidade da água do Rio dos Sinos tem melhoria significativa

Parâmetros da água do rio dos Sinos de hoje: OD: 6,0 mg/l (!!!!!) Cond: 111,87; Temp: 22,6; Turb: 278; Cor: 7,8; pH: 6,7. Condutividade ainda está alta mas caindo! O oxigênio tá uma festa para os peixes. O nível está em 2,2m na captação do Semae. Temos muito a comemorar no momento, mas sem baixar a guarda! Uso racional da água!!


Com esses parâmetros está afastada qualquer possibilidade de morte de peixes no Rio dos Sinos (exceto evento excepcional de crime ambiental nas próximas horas).

domingo, 1 de janeiro de 2012

Chuvas em grandes volumes trazem alívio à estiagem

Chuvas acumuladas desde sábado (31/12/2011) superaram 111mm e fizeram com que o Rio dos Sinos (em São Leopoldo/RS) subisse de 1,20m (18h do diz 31) para 2,42m (18h, de 01/01/2012).
Até aqui a Bacia do Rio dos Sinos vivia uma das mais rigorosas estiagens dos últimos anos.

ATUALIZANDO OS DADOS DO RIO DOS SINOS EM SÃO LEOPOLDO (SEMAE):


Nível do Rio às 18h: 2,42m (estável desde as 14h); Temperatura: 24,2 °C; Condutividade: 124,26 µS/cm; OD 3,7 mg/l O2. A condutividade segue alta mas bem melhor que nos últimos dias. O Oxigênio Dissolvido é que melhorou significativamente.