quinta-feira, 9 de julho de 2009

Previsões do FMI para 2010

Matéria no Valor Econômico de hoje, anuncia recuperação da economia para 2010

SÃO PAULO - O Fundo Monetário Internacional (FMI) espera uma contração de 1,4% para a economia mundial este ano e um crescimento de 2,5% em 2010. Antes, o organismo previa uma retração de 1,3% e uma expansão de 1,9%, respectivamente. Para o Brasil, a expectativa é de que a economia recue 1,3% agora, sem mudança, e avance 2,5% no próximo calendário, em vez de 2,2%.

No caso dos Estados Unidos, o Fundo prevê contração de 2,6% na economia em 2009 e crescimento de 0,8% em 2010. O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro deve encolher 4,8% neste exercício e diminuir 0,3% no próximo ano. Para a economia do Japão, as estimativas são de queda 6% e ampliação de 1,7%, respectivamente.

A Rússia deve ter declínio de 6,5% em 2009, mas registrar recuperação nos 12 meses seguintes, com avanço de 1,5%. A China deve expandir-se neste ano e no próximo, com o PIB crescendo 7,5% e 8,5%, na ordem. Sobre a Índia, a economia deve verificar ampliação de 5,4% em 2009 e aumentar 6,5% no calendário que vem."A economia global começa a sair de uma recessão sem precedentes na era pós-Segunda Guerra Mundial, mas a estabilização é irregular e a recuperação deve ser lenta", destacou o FMI na atualização do documento "Perspectiva Econômica Mundial".

Na visão do organismo, as condições financeiras melhoraram mais do que o esperado, em grande parte devido à intervenção pública, e dados recentes sugerem que a taxa de declínio na atividade econômica está moderando.

"Apesar de sinais positivos, a recessão global ainda não acabou e é esperado que a recuperação seja lenta, uma vez que os sistemas financeiros continuam debilitados e os consumidores nos países que sofreram com a queda dos preços dos ativos estão reconstruindo suas economias", ressalvou o Fundo.

O organismo reforça que a prioridade continua sendo a restauração da saúde do setor financeiro.
(Valor Online)

Nenhum comentário: