domingo, 13 de maio de 2007

CRONOLOGIA MEDIEVAL - Primeiro séculos (Alta Idade Média)

Alguns dos principais eventos (fatos, datas) dos primeiros séculos da Idade Média:

313 d.C - Edito de Milão : decreto do Imperador Constantino concede liberdade de culto aos cristãos (não somente aos cristãos mas a todas as religiões praticadas no império). O Cristianismo passa a ser uma religião lícita (legal) e não pode mais ser perseguida.

330 - Fundação de Constantinopla (a cidade do imperador Constantino, sobre a antiga cidade grega de Bizâncio, hoje Istambul, na Turquia).

392 - Os cultos pagãos são proibidos no Império Romano.

395 - Divisão do Império Romano em Império Romano Ocidental (com sede em Roma) e Império Romano Oriental (Império Bizantino, com sede em Constantinopla), pelo Imperador Teodósio.

404 - a Bíblia é traduzida para o latim (língua romana): é a Vulgata (tradução da bíblia usada até hoje nas traduções para o português, em uso na Igreja Católica Romana).

410 - Roma é saqueada por Alarico I, rei dos visigodos. [Em 387 Roma já havia sido saqueada pelos Gauleses]

426 - Santo Agostinho de Hipona, escreve o clássico: Cidade de Deus.


476 - Fim do Império Romano Ocidental, com a deposição do último imperador do Ocidente, Rômulo Augusto, na cidade de Ravena, por um grupo de mercenários germânicos.

494 - O Papa Gelásio publica sua "Teoria dos dois Gládios" (ou seja: teoria das duas espadas ou poderes, do estado (político) e o da igreja (espiritual). Para o Papa Gelásio é a Igreja que detém o poder espiritual (superior) e que concede ao rei/imperador/governante o poder político (do estado).

496 - Conversão de Clóvis, rei dos Francos, Dinastia Merovíngia: atribui sua vitória sobre os Alamanos ao Deus de sua esposa, Clotilde, que era católica romana, ou seja, o Deus dos cristãos. Não somente o rei Clóvis mas todos os seus soldados e súditos "se convertem" ao catolicismo. Fato que possibilitou muito poder à Igreja Romana ao longo de todos os séculos que se seguiram.

529 - O imperador Justiniano (Império Bizantino) manda fechar a famosa Academia Platônica de Atenas (que "simbolicamente" simbolizava a Idade Antiga Clássica, a Grécia Clássica).
Naquele mesmo ano, São Bento de Núrsia funda a primeira Ordem Religiosa medieval, a Ordem dos Beneditinos (os monges seguem a Regra da Ordem, ou seja, pertencem ao chamado Clero Regular). As ordens religiosas marcaram a Idade Média (depois dos beneditinos vieram muitas outras). A ordem dos beneditinos existe ainda hoje.

622 - o profeta Maomé defende o monoteísmo contra o politeísmo das autoridades de Meca. Perseguido foge para Iatreb, que passou a se chamar Medina ("a cidade do profeta"), onde fundou uma comunidade de seguidos da nova religião, os muçulmanos. Conhecido como Hégira, esse episódio marca o início do Islã (também o início do calendário islâmico).

711 - os muçulmanos conquistam a quase totalidade da Península Ibérica (antigos reinos de Portugal, Castela, Leão e Aragão - entre outros reinos da antiga Espanha).

Nenhum comentário: