quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Nossa Revolução - Nossa Guerra - Nossa Liberdade





A batalha dos Farrapos de Wasth Rodrigues


Como a Aurora Precursora

do Farol da Divindade...



Em 20 de setembro de 1835 a voz do Rio Grande do Sul pôde ser ouvida por todos! Farrapos ou Farroupilhas: "índios" gauchos, lanceiros negros, Bento Gonçalves, General Neto, Onofre Pires, Lucas de Oliveira, Vicente da Fontoura, Pedro Boticário, David Canabarro, Vicente Ferrer de Almeida e José Mariano de Mattos e tantos outros irmãos que a estes se juntaram elevaram às alturas a voz do Rio Grande contra a TIRANIA. A eles se juntaram os Carbonários Luigi Rossetti e Giuseppe Garibaldi e Anita.


LIBERDADE, IGUALDADE e HUMANIDADE

bradaram os Farrapos naquele 20 de setembro! Tão longe... tão próximo de nós!


Viva a República Riograndense! Abaixo à tirania!



Muito há por que lutarmos ainda, mas o que seria do Rio Grande e do Brasil se tivéssemos nos submetido à tirania, à escravidão!



Por Quem Cantam os Cardeais

Vaine Darde e João Chagas Leite


Não te preocupa bagual
Que campeiro não se engana
Quem segue o rastro do sol
Sempre chega a Uruguaiana

O caminho pouco importa
Alegre ou Itaqui
Pois quando a gente volta
Tanto faz por onde ir

Pois quem bebe do Uruguai
Não vive longe de casa

Barranqueiro e campeiro
Este meu canto
Vai no vento feito chasque
Campo afora

Pra essa terra onde eu nasci
E amo tanto
Mas que volto
Qualquer dia, a qualquer hora

Por onde quer que se ande
Na velha sina haragana
Pois não conhece o Rio Grande
Quem não foi a Uruguaiana

Quando o verde das pastagens
Se dourar os arrozais
Tu saberás na paisagem
Por quem cantam os cardeais

Segue o rumo companheiro
Onde está meu coração
Que acharás algum parceiro
Pra cantar essa canção

URUGUAIANA!!!

Nenhum comentário: