terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

A renúncia do presidente, não do comandante !


Sob forte repercussão mundial, Fidel Castro renunciou hoje à presidência de Cuba. Mas está claro (numa citação que fez a Oscar Niemeyer) que Fidel não abandonará, enquanto respirar) a condição de Comandante de uma Revolução que desafia há décadas o império norte-americano.

Mais análise e comentários amanhã.
Na fotografia: Fidel em 1959 se dirige aos apoiadores da revolução cubana no município de Santa Clara, quando se dirigia à Havana depois de derrubar o ditador Fulgêncio Batista, em janeiro (1959).

Nenhum comentário: