sábado, 26 de fevereiro de 2011

Pró-Sinos propõe força-tarefa de saneamento ao RS


Prefeito Ary Vanazzi com o Secretário de Habitação do Estado Marcel Frison e o diretor executivo do Pró-Sinos, Julio Dorneles
Crédito foto: Vanessa Souza


São Leopoldo - O presidente do Consórcio Público de Saneamento Básico da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos (Pró-Sinos), prefeito de São Leopoldo Ary Vanazzi, esteve reunido com o titular da Secretaria Estadual de Habitação e Saneamento (Sehadur), Marcel Frison, para criar uma força-tarefa de saneamento. O encontro aconteceu na quarta-feira, 23, em Porto Alegre.

Ary Vanazzi destacou que foi buscar a parceria da Sehadur para integrar uma câmara técnica de saneamento. “Estamos buscando incluir o estado do Rio Grande do Sul que está fora da relação com o Pró-Sinos. Queremos apresentar os projetos dos municípios para realizar ações colegiadas”, afirmou.

De acordo com Vanazzi, o Pró-Sinos busca auxílio técnico de gestão e também apoio financeiro para contrapartida dos projetos, além de constituir uma agência de bacia no âmbito do consórcio, para dar um salto no controle e na fiscalização da bacia.

Vanazzi fez a apresentação do Pró-Sinos, destacando que 22 municípios estão consorciados, dos quais 17 têm projetos aprovados pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2), com a soma de R$ 700 milhões. “O modelo de gestão do Pró-Sinos é uma referência para o governo federal”, salientou. O secretário frisou a importância do consórcio que é um modelo a ser levado a todos os municípios.

Acompanharam a reunião o diretor-executivo do Pró-Sinos, Julio Dorneles, e o diretor do Departamento de Saneamento da Sehadur (Desan), Guilherme Barbosa.

A proposta do Pró-Sinos prevê:

- criação da força-tarefa para integração de ações e acompanhamento das obras do PAC;

- a criação de uma câmara técnica de saneamento envolvendo o governo do Estado, municípios, companhias e serviços municipais de saneamento;

- a agência de bacia

Nenhum comentário: